Aba 1

Postado em 26 de Outubro de 2017 às 10h29

Bancos reduzem juros após decisão do Copom

Mercado (4)Notícias (5)

Os bancos vão repassar a redução da taxa básica de juros para seus produtos de crédito. O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, reduziu nesta quarta-feira a Selic em 0,75 ponto porcentual, para 7,50% ao ano.

O Itaú Unibanco informou que vai repassar integralmente o corte de 0,75 ponto porcentual na taxa Selic para os juros de suas linhas de crédito para pessoas física e jurídica. Para pessoa física, haverá redução nas taxas do empréstimo pessoal. Para micro e pequenas empresas, a redução será nas taxas do capital de giro e cheque especial.

O Banco do Brasil informou que vai repassar o corte da Selic para as linhas de crédito voltadas para pessoas físicas e jurídicas. Para pessoa física, o corte atingirá os produtos imobiliários e financiamento de veículos. Para pessoa física, a diminuição será na taxa de desconto de cheque, de títulos e de compra de veículos.

O Santander informou que repassará integralmente o corte para a taxa do cheque especial.

Com a decisão de hoje, a taxa Selic atingiu seu menor valor desde abril de 2013. Na época, a Selic estava em 7,25%, o nível mais baixo desde que o BC começou a divulgar metas para a taxa, em 1999.

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Boletim Focus preveem que o BC fará um corte de 0,5 p.p. na reunião marcada para dezembro, levando a taxa a 7%, um novo recorde mínimo.

Veja também

Mudanças para Financiamento de Imóveis na Caixa.31/08/17 A Caixa reduziu, a partir de agosto o teto para financiamento de imóveis novos de 90% para 80% em qualquer linha, caso o mutuário opte pelo financiamento pelo sistema SAC. Este tipo de financiamento, no qual as parcelas do financiamento são decrescentes ao longo do tempo, é o mais utilizado no banco. No caso de compra de imóveis usados, o banco também diminuiu......
Caixa libera R$ 8,7 bi para destravar crédito imobiliário 09/11/17 BRASÍLIA - A Caixa Econômica Federal decidiu redirecionar R$ 8,7 bilhões em recursos disponíveis em várias linhas de crédito para o financiamento imobiliário. Os recursos estão disponíveis desde......

Voltar para Blog